Crie esboços 2D ou 3D com intersecção de faces de modelos no plano de esboço ou intersecção mútua. Você pode usar os esboços para determinar ângulos de inclinação, avaliar curvaturas, usar como caminho de varredura e muito mais. Crie entidades de esboços 2D nas quais as faces selecionadas interseccionem-se com o plano de esboço. Crie entidades de esboços 3D nas quais as faces selecionadas interseccionem-se.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Projete um esboço em outro esboço para criar uma curva que prenda uma garrafa d'água. Crie esboços que representem a forma da garrafa. Projete um esboço em outro esboço para criar a curva 3D. Crie uma varredura usando a curva 3D como caminho.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie um filete de raio variável para definir o valor do raio nos vértices e pontos de controle selecionados. Além disso, você pode definir o raio como zero para forçar a convergência do filete para um ponto. Crie um filete cujo raio varie ao longo da aresta selecionada. Modifique o valor do raio nos vértices ou pontos de controle. Crie filetes de raio zero nos quais o filete deve convergir para um ponto.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Aplique um filete de recuo aos vértices onde três ou mais arestas se encontram. Os filetes de recuo podem modelar dobras com aparência mais limpa nos vértices. Aplique valores de recuo aos vértices onde três ou mais arestas se encontram.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Aprenda a usar técnicas de modelagem que possibilitem a transição eficiente entre o projeto da peça e a entrega de fundições finalizadas. Projete a usinagem de produção da peça para criar a caixa de engrenagens de uma moto. Comece pelo projeto do núcleo, ou espaço negativo, da caixa de engrenagens. Projete o padrão ou as faces externas da caixa de engrenagens como corpos sólidos independentes. Salve os corpos de usinagem como novos arquivos de peças. Combine os corpos sólidos, subtraindo o núcleo do padrão. Aplique recursos de usinagem para finalizar o modelo.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Aprenda a usar sistemas de grade, que são um tipo de geometria de referência, para representar o esqueleto dos componentes estruturais. Crie sistemas de grade para representar as linhas de centro dos elementos estruturais.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Use as tabelas de lista de corte para detalhes modelos de soldagens e importe informações de soldagem de modelos para vistas de desenhos. Adicione e modifique tabelas de lista de corte. Importe informações de solda de modelos para vistas de desenhos.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Aprenda a criar canos e componentes estruturais para modelos de soldagem com base em esboços existentes. Explore como aparar componentes adjacentes corretamente e criar dobras ou cotovelos soldados. Crie tubulações de soldagem com base em esboços existentes. Descubra como agrupar os canos para criar aparagens adequadas nos cantos. Visualize as propriedades de listas de corte de canos específicos.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Saiba como reduzir, ampliar ou adicionar tratamentos de canto a modelos de soldagem com o comando Aparar/ampliar. Saiba como aparar e ampliar componentes estruturais em modelos de soldagem. Aprenda a otimizar as seleções para aparar a fim de reduzir o tempo necessário e os problemas de interferência. Adicione tratamentos de canto nos quais dois componentes se encontrem em um modelo de soldagem.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie cordões de filete e solda nas peças. Conheça as vantagens e diferenças entre os dois recursos. Saiba quando usar cada tipo de solda. Crie cordões de filetes e soldas. Conheça as vantagens e desvantagens de cada opção e saiba quando utilizá-los. Use soldas intermitentes e em ziguezague.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie uma lista de cortes para organizar os corpos em peças de soldagem. Adicione propriedades personalizadas aos componentes de uma estrutura de soldagem para que elas apareçam na lista de corte. Da mesma forma que as listas de materiais nas montagens, a lista de corte fornece detalhes sobre os componentes da soldagem. Crie e edite listas de corte. Edite propriedades personalizadas. Edite o material dos corpos nas peças de soldagem.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Avalie as tabelas de medição e dobra que armazenam valores padrão de peças específicas. Preencha e utilize os exemplos de tabelas fornecidos durante a instalação. Crie e personalize os exemplos de tabelas de acordo com as suas necessidades. Personalize e crie tabelas de dobras. Descubra como usar as tabelas de medição e de dobras.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Use os recursos de chapas metálicas e soldagem em peças multicorpos. Use filetes e cordões de solda em peças feitas em chapas metálicas. Crie acessórios de chapas metálicas em peças de soldagem. Use filetes e cordões de solda em peças feitas em chapas metálicas.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Exporte corpos feitos em chapas metálicas para arquivos .dxf ou .dwg. Verifique e edite peças na janela de limpeza de DXF/DWG. Exporte corpos feitos em chapas metálicas para arquivos .dxf ou .dwg. Verifique e edite peças na janela de limpeza de DXF/DWG.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Adicione desvios a flanges existentes. O desvio adiciona material às peças feitas em chapas metálicas, com a criação de duas dobras e uma planificação com base em uma linha esboçada. O espelhamento agrega simetria aos projetos em chapas metálicas. Adicione desvios a flanges existentes. Incorpore simetria aos projetos em chapas metálicas. Posicione os desvios.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
As peças multicorpos em chapas metálicas têm vários conjuntos de recursos específicos para as chapas metálicas, todos na mesma árvore de recursos. Há também vários recursos de padrão plano. A lista de cortes mostra cada um dos corpos. Conheça o processo de criação de peças multicorpos feitas em chapas metálicas e alguns dos possíveis usos dessas peças. Use as ferramentas de chapa metálica para criar corpos de chapa metálica. Use um padrão circular ou linear, o recurso de espelhamento ou o recurso de mover/copiar para duplicar corpos. Use a opção Inserir peça para adicionar corpos às peças feitas em chapas metálicas existentes. Divida os corpos feitos em chapas metálicas em vários corpos. Conheça algumas das opções de uso básicas dos projetos de multicorpos feitos em chapas metálicas.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
A biblioteca de projetos contém diversos exemplos de ferramentas de conformação, como ressaltos, flanges extrudados, lanças, persianas e nervuras. Aprenda a usar essas ferramentas padrão e a criar suas próprias ferramentas personalizadas, a fim de atender às necessidades dos projetos. Arraste ferramentas de conformação padrão da biblioteca de projetos e solte-as para criar peças feitas em chapas metálicas. Edite ferramentas de conformação padrão e personalize-as para atender às necessidades de cada projeto. Defina as faces de parada e as faces a serem removidas de dentro das peças, que devem ser usadas como ferramentas de conformação personalizadas.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie cortes em peças feitas com chapas metálicas dobradas ou planificadas. Use as opções Vincular à espessura e Corte normal. Converta peças para usar chapas metálicas e padrões curvados para fazer vários cortes em cones. Crie cortes em peças feitas com chapas metálicas dobradas ou planificadas. Converta peças em chapas metálicas. Use padrões curvados para fazer vários cortes em cones. Use as opções Vincular à espessura e Corte normal.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Use esboços de perfil e caminho para criar flanges de varredura. Crie esboços de perfil e caminho para flanges de varredura. Use o recurso Flange de varredura para criar flanges desse tipo. Defina os parâmetros das chapas metálicas na guia Flange de varredura.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Explore as opções dos recursos de padrões planos, como parâmetros, opções de canto, direção da fibra e faces a serem excluídas. Crie desenhos com base em padrões planos com a adição de dimensões e outras anotações. Explore as opções dos padrões planos. Crie desenhos com base em padrões planos.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Conheça as propriedades específicas das chapas metálicas. Use o recurso Chapa metálica para controlar as medições das chapas metálicas, as tolerâncias de dobra e as opções do recurso Alívio automático. Use o recurso chapa metálica para controlar as propriedades das chapas metálicas. Use a tabela de medição para controlar as medições das chapas metálicas. Conheça e use as cinco opções de controle das tolerâncias de dobra. Use o recurso Auto Relief para controlar o tipo e a localização dos cortes de alívio.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Com base nos resultados das análises, otimize o fator de segurança, a tensão máxima ou o valor máximo de deslocamento para valores aceitáveis. Use diferentes dimensões dentro do intervalo para tentar atender aos requisitos. Simplifique o projeto ou reduza os custos dos materiais se alcançar ou ultrapassar o fator de segurança. Otimize o projeto para alcançar o fator de segurança. Use recursos de automação integrados para otimizar modelos. Execute a simulação.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Ajuste a densidade das malhas para ajustar a precisão das simulações. Execute a simulação. Use o assistente do SimulationXpress para visualizar resultados, como tensão, deslocamento, deformação e fator de segurança da simulação. Gere e salve arquivos eDrawings ou documentos de texto. Ambos exibem os resultados da simulação. Ajuste as malhas nas simulações. Execute a simulação. Interprete os resultados das simulações. Gere arquivos de eDrawing ou documentos do Microsoft Word com os resultados.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Use o SimulationXpress para analisar a deformação das peças, com a aplicação de acessórios e cargas e a definição de materiais. Aplique diferentes cargas e/ou pressões e personalize os materiais. Saiba como iniciar e executar o SimulationXpress para analisar peças compostas por um único corpo. Familiarize-se com o uso dos itens na árvore do projeto. Verifique que só é possível aplicar pressões e/ou cargas às faces com uniformidade e constância. Compreenda que as propriedades dos materiais personalizados devem representar os materiais das peças com precisão.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN