Crie padrões com base em esboços, tabelas, curvas e preenchimentos. Esses padrões permitem padronizar recursos em direções não lineares ou não circulares. Use pontos de esboços para definir padrões com base em esboços. Especifique as coordenadas de padrões com base em tabelas. Converta entidades para criar esboços de padrões com base em curvas. Use padrões de preenchimento para distribuir recursos dentro de limites.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use as opções de dinâmica física ao mover componentes para permitir a interação realista entre componentes das montagens. A dinâmica física identifica colisões entre as faces e permite que os componentes empurrem uns aos outros quando entrarem em contato. Conheça as opções do comando Mover componente. Use a opção de dinâmica física para simular a interação entre os componentes que estão em movimento. Conheça os limites do uso da dinâmica física em comparação ao estudo de movimento. Saiba como solucionar problemas ao usar a opção de dinâmica física.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use a ferramenta Detecção de interferências para identificar sobreposições de peças nas montagens. Também é possível usar a ferramenta Verificação de folga para detectar folgas entre as peças. Use a ferramenta Detecção de interferências para identificar interferências entre componentes das montagens. Explore as opções disponíveis na ferramenta Detecção de interferências. Use a ferramenta Verificação de folga para identificar folgas entre os componentes das montagens. Use a ferramenta Verificação de folga para explorar as opções disponíveis.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Copie instâncias de um ou mais recursos ou corpos espelhando-as em planos de referência ou faces planas. A cópia resultante é invertida, como se estivesse espelhada, mantendo a simetria. Crie padrões de espelhamento de recursos e corpos. Controle os resultados com a opção de padrão geométrico.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Crie um padrão de um ou mais recursos ou corpos em uma ou duas direções circulares. A direção circular baseia-se em faces cilíndricas ou cônicas, arestas circulares ou lineares, linhas de centro ou eixos. É possível controlar o espaçamento das instâncias de diferentes formas. Crie padrões circulares dos recursos existentes. Modifique o espaçamento e os intervalos.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Crie um padrão de um ou mais recursos ou corpos em uma ou duas direções lineares. É possível deixar instâncias indesejadas fora do padrão. O espaçamento e as demais dimensões podem variar. Crie padrões lineares bidirecionais dos recursos existentes. Ignore as instâncias nos padrões. Modifique os parâmetros das instâncias de padrão.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
O recurso Assistente de furação cria furos com tamanho padrão de acordo com os padrões internacionais ANSI e ISO, entre outros. O tipo de furo, o tamanho e a localização do posicionamento são informados pelo usuário. Use o assistente de furação para criar furos. Conheça os elementos e as opções de um furo desse assistente. Crie vários furos no mesmo recurso.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use a referência e a geometria sólida existentes para criar planos de referência com qualquer orientação. É possível usar os planos de referências nos esboços ou como referências para outros recursos. Crie planos de referência com diferentes orientações, com base em diferentes seleções de referência. Crie planos de referência com base em uma ou mais referências geométricas.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
As opções de seleção de contorno permitem selecionar contornos individuais em esboços. Através de técnicas de seleção de contorno, é possível usar um único esboço para produzir vários recursos. Use a ferramenta de seleção de contorno para pré-selecionar contornos de recursos. Use as opções de contornos selecionados dos recursos para definir quais áreas dos esboços devem ser usadas. Use um único esboço para gerar vários recursos. Conheça o significado dos ícones exibidos durante o uso dos contornos selecionados e do compartilhamento de esboços.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use as ferramentas de esboço Converter entidades e Deslocar entidades para fazer referência às entidades dos esboços e modelar geometrias para criar novas entidades de esboços. Se a geometria original mudar, as entidades convertidas e deslocadas também mudarão. Crie entidades convertidas em novos esboços. Crie entidades deslocadas. Use entidades deslocadas para criar slots.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Espelhe as entidades de esboços existentes com a ferramenta Espelhar entidades ou com a adição de relações simétricas. Você também pode espelhar as entidades dos esboços dinamicamente conforme as criar. Espelhe as entidades dos esboços criadas anteriormente. Espelhe as entidades dos esboços dinamicamente conforme as criar. Adicione relações simétricas para esboçar entidades a fim de espelhá-las.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use o ConfigurationManager para adicionar configurações às montagens e mostrar duas versões de seus componentes. Além disso, explore as opções avançadas das propriedades de configuração. Use o ConfigurationManager para adicionar configurações às montagens. Use as opções avançadas das propriedades de configuração para controlar novos componentes e posicionamentos. Crie duas versões das montagens para representar os diferentes componentes disponíveis.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use o ConfigurationManager para adicionar configurações e modificar peças através do controle do estado de supressão dos recursos e da configuração das dimensões. Use o ConfigurationManager para adicionar configurações às peças. Suprima as funcionalidades para representar outra versão do modelo. Configure as dimensões para criar versões das peças com diferentes tamanhos.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
As variáveis globais declaram um valor nomeado que pode ser usado para definir as dimensões ou que pode ser usado nas equações. As equações são expressões matemáticas que podem definir valores de dimensões e relacionar as dimensões entre si. Crie variáveis globais. Use as variáveis globais para determinar que os recursos dos filetes sejam iguais aos raios. Use variáveis globais nas equações. Use as equações para controlar os valores da dimensão.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Use a versátil ferramenta Dimensão inteligente para inserir as dimensões acionadoras em esboços. Com uma única ferramenta, é possível criar dimensões radiais de arco, dimensões lineares entre dois pontos e muito mais. A dimensão exibida depende das entidades selecionadas. Insira dimensões lineares, angulares, radiais e de outros tipos. Modifique dimensões. Mova as dimensões e volte a fixá-las.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Apare entidades de esboços para remover geometrias indesejadas. Apare entidades de esboços com base na proximidade e intersecções com outras entidades dos esboços. Apare entidades de esboços com as opções Avançado, Canto, Mais próximo e Interno e externo.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Crie filetes e chanfros para modificar geometrias em esboços. Defina o tamanho e as opções dos filetes e chanfros dos esboços. Crie filetes e chanfros em esboços. Conheça as opções para criar filetes e chanfros em esboços.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Crie desenhos com base em arquivos de peças existentes, insira exibições básicas e insira e manipule dimensões e chamadas. Faça desenhos básicos de peças. Insira vistas padrão. Importe as dimensões dos modelos para desenhos. Altere as dimensões. Demonstre a capacidade de associação entre o modelo e seus desenhos.
Lesson
10 meses atrás
ENG
JPN
Crie esboços 3D com o sistema de coordenadas padrão do modelo para orientar as entidades do esboço. Adicione relações e dimensões para especificar o tamanho das entidades do esboço. Use o feedback da tela ao criar esboços. Use planos para orientar as entidades de esboços 3D. Pressione a tecla Tab ou use um plano ou uma face plana para alterar o plano do esboço. Visualize várias viewports para modificar as entidades de esboço 3D.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
O espelhamento de componentes cria versões idênticas, mas invertidas, de peças ou submontagens. Especifique quais elementos devem ser espelhados e quais devem ser copiados (por exemplo, componentes de fixação, que não devem ser espelhados). A geometria dos componentes espelhados sofre alterações para gerar uma versão realmente espelhada, conhecida como versão "opposite-hand". Espelhe componentes com base nos planos das montagens. Crie versões espelhadas de peças nas montagens. Crie versões invertidas das peças.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie esboços 2D ou 3D com intersecção de faces de modelos no plano de esboço ou intersecção mútua. Você pode usar os esboços para determinar ângulos de inclinação, avaliar curvaturas, usar como caminho de varredura e muito mais. Crie entidades de esboços 2D nas quais as faces selecionadas interseccionem-se com o plano de esboço. Crie entidades de esboços 3D nas quais as faces selecionadas interseccionem-se.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Projete um esboço em outro esboço para criar uma curva que prenda uma garrafa d'água. Crie esboços que representem a forma da garrafa. Projete um esboço em outro esboço para criar a curva 3D. Crie uma varredura usando a curva 3D como caminho.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Crie um filete de raio variável para definir o valor do raio nos vértices e pontos de controle selecionados. Além disso, você pode definir o raio como zero para forçar a convergência do filete para um ponto. Crie um filete cujo raio varie ao longo da aresta selecionada. Modifique o valor do raio nos vértices ou pontos de controle. Crie filetes de raio zero nos quais o filete deve convergir para um ponto.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN
Aplique um filete de recuo aos vértices onde três ou mais arestas se encontram. Os filetes de recuo podem modelar dobras com aparência mais limpa nos vértices. Aplique valores de recuo aos vértices onde três ou mais arestas se encontram.
Lesson
1 ano atrás
ENG
JPN