Adicione cada um dos seis tipos de posicionamentos mecânicos para controlar os níveis de liberdade dos componentes na hora de projetar mecanismos. Posicione cilindros, planos ou pontos com relação a uma série de faces tangentes com posicionamentos de seguidor de came. Limite a rotação entre dois componentes com posicionamentos de dobradiças. Mova componentes em linha reta para mover outros componentes em rotações com posicionamentos de pinhão e cremalheira. Adicione uma relação de guinada entre a rotação de um componente e a translação de outro componente com um posicionamento de parafuso. Gire dois componentes relacionados com um posicionamento de engrenagem ou um posicionamento de junta universal.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Modeles peças nas montagens, usando referências a outros componentes para completar o projeto. A finalidade do projeto de novas peças (tamanhos dos recursos, posicionamento de componentes na montagem etc.) vem de outros elementos da montagem. Empregue as técnicas de modelagem de montagens de cima para baixo para construir peças virtuais para montagens específicas. Faça referências à geometria das peças posicionadas para criar recursos para montagens específicas. Saiba o que são posicionamentos no local e referências externas. Identifique referências externas na árvore de projeto do FeatureManager.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Crie uma estrutura de soldagem com base em uma série de esboços de layout. O ambiente de soldagem usa perfis de soldagem padrão para definir o tipo dos membros estruturais das soldagens. Os membros do mesmo tipo e tamanho são criados em um recurso. Criar uma estrutura de soldagem. Insira componentes estruturais. Altere a localização do esboço do perfil. Altere os tratamentos dos cantos.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Explore o recurso Flange de aresta, além de explorar as opções de seleção de aresta, direção da dobra e outras opções pertinentes. Crie flanges de aresta. Conheça e saiba como usar as diferentes opções de flanges de aresta.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Explore o recurso Flange contínuo, além de explorar as opções criação de esboços para perfis, seleção de aresta e outras opções pertinentes. Crie flanges contínuos. Conheça e saiba como usar as diferentes opções de flanges contínuos.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Crie vistas básicas, alinhadas, de deslocamento, de seção parcial ou de meia seção, incluindo escopo e propriedades avançadas. Adicione diversos tipos de vistas de seção aos desenhos. Defina as propriedades das vistas de seção. Modifique as vistas de seção.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Quando os elementos de corte internos de um modelo forem os componentes mais importantes de um projeto, uma das opções é criar recursos sólidos que representem o espaço negativo de uma peça. Após a finalização do espaço negativo, é possível usar o comando Combine para subtrair o volume de outro corpo sólido. Use geometrias sólidas que representem o espaço interior de um coletor para criar o espaço negativo da peça. Crie um corpo sólido independente que envolva a geometria como corpo principal do coletor. Use a operação de subtração para combinar os corpos sólidos na peça.
Lesson
6 meses atrás
ENG
JPN
Utilize os recursos destinados ao uso de chapas metálicas para criar peças com espessura constante. Explore os princípios básicos da criação de peças com chapas metálicas através do método de flange. Crie flanges-base nas peças feitas com chapas metálicas. Descubra como usar as tabelas de medição e as opções para chapas metálicas. Planifique as peças feitas em chapas metálicas.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use o recurso Forma livre para criar recursos orgânicos, ajustando as formas externa e interna das faces. Use curvas e pontos de controle para criar projetos curvilíneos e modificar faces. Use o recurso Forma livre para criar formas orgânicas. Crie curvas e pontos de controle. Use curvas de controle, pontos de controle e tríades para deformar faces. Edite esboços para que a grade da forma livre siga a forma da face a ser deformada.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Localize e diagnostique problemas em geometrias importadas de outros programas de software CAD. Em seguida, use as ferramentas de superfície para reparar geometrias danificadas. Use a verificação de reconstruções, a importação de diagnósticos e a verificação de entidades para diagnosticar problemas em modelos. Use a ferramenta de diagnóstico de importação para corrigir faces com falhas. Exclua faces com falhas e use diversas ferramentas de superfície para recriar geometrias. Exiba curvaturas e verifique os raios mínimos das curvaturas. Exclua e substitua filetes para criar combinações mais suaves. Amplie, apare e costure as superfícies.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use superfícies extrudadas, de giro e com varredura para criar geometrias. Apare, amplie, costure e espesse as superfícies para finalizar o modelo de paredes finas. Faça a extrusão do esboço para criar superfícies. Gire os esboços em torno de um eixo para criar superfícies. Use esboços ou outra superfície como ferramenta de aparagem para aparar superfícies. Faça a varredura de perfis abertos ao longo dos caminhos para criar superfícies. Use o recurso de costura de superfícies para combinar várias superfícies em um único corpo. Espesse os corpos das superfícies para criar corpos sólidos.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use as ferramentas de superfície para criar combinações complexas nas intersecções de superfícies. Dentre as ferramentas utilizadas neste módulo temos Aparar superfície, Superfície por loft e Superfícies de preenchimento. Use esboços como entidades de aparagem para aparar superfícies. Use superfícies por loft para criar combinações de superfícies. Use a ferramenta Preencher superfícies para preencher áreas totalmente limitadas pelas superfícies.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Insira anotações em vistas de desenhos existentes, incluindo notas personalizadas, tolerâncias geométricas e blocos. Crie anotações e símbolos. Crie blocos com base em geometrias e notas. Salve blocos em arquivos. Insira um bloco em um desenho.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Quando as arestas de uma peça estão próximas a ponto de não possibilitar a criação adequada de filetes, o uso de corpos sólidos independentes pode ajudar. Separe os recursos em diferentes corpos sólidos. Aplique filetes aos corpos independentes. Use o comando Combine para voltar a adicionar os corpos. Aplique outros filetes à peça para finalizar o modelo.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
O loft cria recursos através de transições entre os perfis. Um loft pode ser uma base, um ressalto, um corte ou uma superfície. Com a especificação de restrições e parâmetros de conexão, é possível obter o resultado desejado. Crie recursos básicos de loft entre dois perfis. Refine a forma com uma curva de linha de centro, limitações e pontos de conexão. Selecione os perfis de loft e os pontos de conexão corretamente.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Crie padrões com base em esboços, tabelas, curvas e preenchimentos. Esses padrões permitem padronizar recursos em direções não lineares ou não circulares. Use pontos de esboços para definir padrões com base em esboços. Especifique as coordenadas de padrões com base em tabelas. Converta entidades para criar esboços de padrões com base em curvas. Use padrões de preenchimento para distribuir recursos dentro de limites.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use as opções de dinâmica física ao mover componentes para permitir a interação realista entre componentes das montagens. A dinâmica física identifica colisões entre as faces e permite que os componentes empurrem uns aos outros quando entrarem em contato. Conheça as opções do comando Mover componente. Use a opção de dinâmica física para simular a interação entre os componentes que estão em movimento. Conheça os limites do uso da dinâmica física em comparação ao estudo de movimento. Saiba como solucionar problemas ao usar a opção de dinâmica física.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use a ferramenta Detecção de interferências para identificar sobreposições de peças nas montagens. Também é possível usar a ferramenta Verificação de folga para detectar folgas entre as peças. Use a ferramenta Detecção de interferências para identificar interferências entre componentes das montagens. Explore as opções disponíveis na ferramenta Detecção de interferências. Use a ferramenta Verificação de folga para identificar folgas entre os componentes das montagens. Use a ferramenta Verificação de folga para explorar as opções disponíveis.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Copie instâncias de um ou mais recursos ou corpos espelhando-as em planos de referência ou faces planas. A cópia resultante é invertida, como se estivesse espelhada, mantendo a simetria. Crie padrões de espelhamento de recursos e corpos. Controle os resultados com a opção de padrão geométrico.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Crie um padrão de um ou mais recursos ou corpos em uma ou duas direções circulares. A direção circular baseia-se em faces cilíndricas ou cônicas, arestas circulares ou lineares, linhas de centro ou eixos. É possível controlar o espaçamento das instâncias de diferentes formas. Crie padrões circulares dos recursos existentes. Modifique o espaçamento e os intervalos.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Crie um padrão de um ou mais recursos ou corpos em uma ou duas direções lineares. É possível deixar instâncias indesejadas fora do padrão. O espaçamento e as demais dimensões podem variar. Crie padrões lineares bidirecionais dos recursos existentes. Ignore as instâncias nos padrões. Modifique os parâmetros das instâncias de padrão.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
O recurso Assistente de furação cria furos com tamanho padrão de acordo com os padrões internacionais ANSI e ISO, entre outros. O tipo de furo, o tamanho e a localização do posicionamento são informados pelo usuário. Use o assistente de furação para criar furos. Conheça os elementos e as opções de um furo desse assistente. Crie vários furos no mesmo recurso.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
Use a referência e a geometria sólida existentes para criar planos de referência com qualquer orientação. É possível usar os planos de referências nos esboços ou como referências para outros recursos. Crie planos de referência com diferentes orientações, com base em diferentes seleções de referência. Crie planos de referência com base em uma ou mais referências geométricas.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN
As opções de seleção de contorno permitem selecionar contornos individuais em esboços. Através de técnicas de seleção de contorno, é possível usar um único esboço para produzir vários recursos. Use a ferramenta de seleção de contorno para pré-selecionar contornos de recursos. Use as opções de contornos selecionados dos recursos para definir quais áreas dos esboços devem ser usadas. Use um único esboço para gerar vários recursos. Conheça o significado dos ícones exibidos durante o uso dos contornos selecionados e do compartilhamento de esboços.
Lesson
7 meses atrás
ENG
JPN